A Utilização de um Lead no Planeamento do Discurso

 

No jornalismo a regra é que, logo após o título, encontramos o Lead. Este parágrafo dá-nos resposta imediata às mais importantes questões sobre a notícia em causa:

      1. O quê?

      2. Quem?

      3. Quando?

      4. Onde?

      5. Porquê?

      6. Como?

 

 

 

Quem não aprecia um discurso coerente, focado e que respeita os seus aspectos essenciais?

Este planeamento aplica-se e é funcional em vários tipos de discurso, podendo ser aplicado em:

  • Entrevistas de trabalho
  • Apresentações académicas
  • Apresentações públicas no geral desde pessoais a profissionais
  • Entre outras.

É crucial que tenhamos preparadas respostas às principais questões e que tenhamos também a capacidade de as ilustrar com exemplos.

 

Importância do tema do discurso – Pergunta à qual queremos responder.

Para exemplificarmos a apresentação de um tema numa conferência, utilizemos o popular discurso de Sir Ken Robinson para o TED talks – ‘As escolas matam a criatividade?’. O autor guia-se com a reflexão: ”O potencial da educação é transformado se nos focarmos na extraordinária criatividade das crianças, em vez de modelos de educação desatualizados.”.

 Ken Robinson desenvolveu uma tese onde inseriu vários exemplos que dão vida e credibilidade aos seus principais conceitos, fê-lo através dos pontos essenciais da sua reflexão, assim como usando o recurso às palavras-chave:

  • Educação;
  • Crianças;
  • Criatividade.
Q&A

O lead responde rapidamente às perguntas do público.

Estruturação e planeamento

No planeamento da apresentação de um projeto académico como tese de mestrado ou doutoramento, ao escrevermos o guião devemos imediatamente definir qual a pergunta à qual queremos responder que será o nosso mote. A partir daí podemos:

  • Estruturar a nossa apresentação;
  • Definir os seus pontos-chave;
  • Desenvolver a apresentação;

Todo o nosso discurso deve ser mantido em volta dessa pergunta. O objetivo é que, tendo em conta todos os elementos enerentes dessa pergunta, se faça um resumo de todo o trabalho de investigação que foi feito anteriormente ao projeto palpável.

 

Atualmente estou a ponto de desenvolver uma tese de doutoramento cuja pergunta de investigação à qual me propus responder é: Como é que os jornalistas precisam de se readaptar às exigências da Geração Z em termos de valor jornalístico?”.

Ao iniciar o processo de admissão para o doutoramento, estruturei um discurso que girou em torno das palavras-chave da pergunta, mantendo sempre esse foco, tal como certamente o fez Sir Ken Robinson na preparação do seu discurso.

 

O ponto a destacar da nossa mensagem tem sempre de ser pensado e escolhido a priori seja para:

Com este método não estamos apenas a centralizar o nosso foco num tema mas sim num lead, conjunto de palavras/ideias chave que nos permitem voltar lá sempre que nos for oportuno ao longo da apresentação, servindo sempre como ponto central de comunicação do nosso discurso. Este suporte vai acima de tudo dar-nos orientação, segurança e passar uma imagem de coerência de oratória.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment